O Colégio Gabriela Mistral surgiu a partir da idéia da criação de um Jardim de Infância na cidade de Palotina. A iniciativa partiu da professora Noeli Dora Freitag Sendtko e da presidente da OASE – Organização Auxiliar das Senhoras Evangélicas – Norma Lamb Fries. A sugestão foi bem recebida e incentivada pela diretoria da Comunidade Evangélica de Confissão Luterana do Brasil, que tinha como Presidente Liceno Fries e assim, foi fundado em 18 de fevereiro de 1969. O nome escolhido homenageia a educadora e escritora chilena Lucila Godoy de Alcayaga, que usava o pseudônimo de Gabriela Mistral, e recebeu o Prêmio Nobel de Literatura em 1945.

Em seu primeiro ano de atuação recebeu 37 alunos e duas professoras, Doraci Konrad e Lígia Ritter. Em 1970 o Colégio começou a funcionar em dois turnos. Com auxílio da Prefeitura Municipal, em 10 de outubro de 1971, foi lançada a pedra fundamental do prédio do Jardim de Infância Gabriela Mistral de Palotina.

O prédio próprio com duas salas de aula foi inaugurado em 1972, exercendo o cargo de Diretora a professora Doraci Konrad, sendo o mesmo cargo ocupado pela professora Lígia Ritter no período de 1973 a 1974. Em 1975 assume a direção Leonida Becker Freitag. Neste período foi montado o processo para requerer a autorização de funcionamento, que foi decretada pelo Governador do Estado do Paraná, Decreto nº. 2.249 em 14 de setembro de 1976.

Em 1976 assume a função de Diretora a professora Lucilda Rumilda Fries Binsfeld, permanecendo no cargo até o presente ano de 2017.

Em 1977 foram criadas as turmas de Pré I, Pré II e Pré III,  sendo que os alunos do Pré III recebiam uma preparação mais adiantada para a alfabetização. Pensou-se que estes alunos deveriam permanecer numa mesma classe devido ao índice de aprendizagem, podendo ser mais acelerado na 1ª série, sendo essa a 1ª turma de alfabetização, tendo como regente, a própria professora Lucilda Rumilda Fries Binsfeld., quando surgiu a ideia de criação da 1ª a 4ª série.  O assunto foi exposto à diretoria da Comunidade Evangélica, sendo aprovada a implantação da Escola de 1º grau.

Passados quatro anos, em 1982, o Colégio passou a prestar atendimento a alunos de 5ª série e assim sucessivamente até a última série do 1º Grau, passando a existir, após aprovação da Comunidade Evangélica, a Escola de 1º Grau.

Nesse período foi criada a Associação Educacional e Assistencial Gabriela Mistral – AGAMI – mantenedora da instituição.

Em 1990 foi implantado o 2º Grau, iniciando-se com a 1ª Série, sendo que a 2ª e 3ª Séries tiveram seu funcionamento implementados nos anos subsequentes.

Atualmente, o Colégio Gabriela Mistral oferece ensino-aprendizagem para alunos da Educação Infantil ao 3º ano do Ensino Médio. Com o objetivo de continuar desempenhando a sua missão educacional com qualidade e competência,  procura buscar a excelência e superar as expectativas da sociedade palotinense, atualizando e aperfeiçoando constantemente suas práticas para atender às necessidades dos alunos e comunidade escolar.